Histórico

Conhecer e relembrar a história é sempre importante para compreender melhor o momento atual de nossas instituições. Com o Centro Espírita Divino Mestre não é diferente. Saber o que aconteceu, o que se passou, as necessidades e dificuldades do passado, auxiliam os atuais dirigentes em saber qual o melhor caminho a percorrer.


 
Hoje, a sede do “Divino Mestre” é na Rubião Júnior. Sua inauguração aconteceu em pouco mais de seis meses da fundação do Centro. Da casa do sr. Balbino Gonçalves, na rua Sebastião Humel, para a sede nova, onde hoje se localiza, foi um pulo, com a ajuda sempre presente de Dona Maria Francisca Marcondes Guimarães.
 
No dia 13 de março de 1939, a Diretoria se reuniu para agradecê-la pela doação de um prédio localizado à rua Rubião Júnior, número 116 [mudado para 640, posteriormente], no valor de 8:500$000 bem como a importância de 1.500$000 para as despesas de legalização do instrumento de compra e venda no 2o Tabelião da Comarca de São José dos Campos. Nesta reunião, a Diretoria do Centro Espírita Divino Mestre resolveu por unanimidade de votos conferir “o título de Irmã Grande Benfeitora deste Centro, além de sócia remida” à Maria Francisca Marcondes Guimarães.
 
A inauguração da nova sede aconteceu no dia 18 de junho de 1939, sendo esta notícia publicada, em um domingo, no jornal da cidade de nome “A Folha Esportiva”. Para esta sessão solene, estiveram presentes o sr. Odilon Negrão, de São Paulo, e Germano Emílio dos Anjos, de Caçapava, que proferiram as primeiras palestras na nova sede do Centro Espírita Divino Mestre.
 
A diretoria do Centro distribuiu panfletos pela cidade para convidar as pessoas para a inauguração. O texto completo era o seguinte:
 
AO POVO
 
Convida-se o povo desta cidade para assistir à sessão de inauguração do prédio próprio de uma das mais nobres instituições de caridade que se acha fundada nesta cidade, desde o dia 5 de janeiro do corrente.
 
Para esta cerimônia, acham-se inscritos os seguintes oradores:
 
Odilon Negrão – da Imprensa Oficial de Sáo Paulo, que discorrerá sobre interessante tema do espiritismo científico;
 
Germano Emílio dos Anjos – que discorrerá sobre um texto do Evangelho.
 
Outros oradores se farão ouvir. O ato terá lugar hoje, às 20 horas, no prédio número 116 da Rua Rubião Júnior – Centro Espírita Divino Mestre.
 
São José dos Campos, 18 de junho de 1939.